QUEM GANHA AS ELEIÇÕES: O VOTO OU PESQUISAS ELEITORAIS? 

 

         Pessoas inteligentes dizem que “em boca fechada não entra mosca”, mas como sou burro, eu falo, inclusive sobre aquilo que eu não entendo. Afinal, vivemos em uma democracia, ou não?

         Quando se fala sobre o que não se entende, está-se, na verdade, tentando provocar quem entende a nos explicar! A vida não é feita apenas de certezas, já se disse que são as dúvidas que determinam as evoluções do mundo.

         Assim, eu quero saber: a divulgação das pesquisas eleitorais durante o prazo da campanha eleitoral ajuda o eleitor a decidir ou atrapalha? Não estou, a princípio, duvidando da cientificidade das pesquisas, pois as feitas por institutos sérios tem se aproximado da verdade das urnas.

         Se a divulgação das pesquisas pode determinar que o cidadão vote nesse ou naquele candidato, isso é bom ou ruim? Não deveria o eleitor considerar apenas a história de vida e os bons projetos (o que alguns maldosos preferem chamar de promessas) do candidato, além do fato de ser honesto e estar sinceramente interessado em fazer o bem da comunidade?

         É evidente que podemos estar absoluta e sinceramente convencidos de que nosso candidato é “o cara” e vai “arrebentar a boca do balão” e durante quatro anos só que ele faz é arrebentar a boca dos cofres públicos em seu benefício pessoal, mas isso faz parte, como diria um “herói” do BBB.

         Mas, decidir em quem votar com base nas pesquisas divulgadas, por mais corretas que estejam, é cruel. É abrir mão da democracia, é renunciar à crença de que a atividade política pode ser benéfica para a sociedade, e isso é triste.

         Sei que vão me mandar calar a boca, mas ainda acho que as pesquisas de intenção de voto deveriam ser materiais de consumo interno dos partidos, servir de elemento de orientação ou reorientação de rumos, informar o que o eleitor considera relevante a ser tratado e discutido. Nunca, nunca mesmo, ser publicadas!

         Quem gosta de votar num candidato que os meios de informação dizem, com ou sem razão, que vai perder?

         Quanto mais científicas forem as pesquisas, mais decisivas nas eleições. Ou seja, quem decide a eleição não é o voto, mas as pesquisa.

         Quanto a mim, continuo comendo mosca!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s