COMÉRCIO FECHADO AOS DOMINGOS

Não sou economista, mas acerca da polêmica do acordo de fechamento dos mercados em Santa Maria nos fins de semana, gostaria de fazer algumas colocações, que podem ser uma idiotia, mas como vivemos em um país democrático, estou autorizado a fazê-las.

Os comerciários estão divididos entre aqueles que querem trabalhar no fim de semana para ganhar horas extras e assim aumentar seus salários, ou compensar o serviço extraordinário em folgas durante a semana e outros que não querem isso, porque legitimamente desejam descansar e conviver com a família, o que é um direito constitucionalmente assegurado.

Os comerciantes, por sua vez, também têm direito ao descanso, ao lazer e a convivência familiar, apesar de sua atividade ser basicamente econômica. Sendo assim, estariam eventualmente dispostos a abrir mão desse direito, desde que manter os estabelecimentos funcionando nos fins de semana significasse lucro, o que nem sempre ocorre.

Algumas atividades são próprias de fins de semana e feriados e outras não. Alguns estabelecimentos comerciais, como restaurantes, bares, cinemas, boates e outras atividades de lazer ganham mais nos dias ditos não úteis, enquanto que os demais, uma maioria absoluta, fica às moscas, sem clientela ou com escassos consumidores.

O empregador não pode exigir a prestação de horas extras de forma permanente, apenas eventualmente, mesmo que se disponha a pagar por elas. Alguns empregados não se dispõem a prestar horas extras, mesmo que remunerados por elas.

Claro que o consumidor gostaria de ter horários diferenciados para comprar, mas isso não pode sacrificar o direito ao lazer dos empregados e o lucro dos empregadores. Eu, por exemplo, me nego a abrir o escritório sábado e domingo, até porque ficaria dormindo lá!

Dizer que haveria mais venda se abrisse aos domingos não é correto, porque o consumidor, em geral, não compra só porque achou a loja aberta, mas porque precisa do produto, e isso pode e deve ser feito em horários que atendam ao interesse de todos os envolvidos no negócio, e não apenas daquele que compra.

Não podemos esquecer que a venda em domingos, feriados e à noite guarda enorme risco à segurança de todos, inclusive do consumidor.

Aos que reclamam do acordo, eu peço que passem a trabalhar sábado, domingos, feriados e de madrugada para ver o que é bom pra tosse!

O acordo é social e economicamente racional.

É o que eu penso, salvo melhor juízo.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “COMÉRCIO FECHADO AOS DOMINGOS

  1. Thereza Maria Cielo Vedoin

    Concordo! Minha família tem um armazém a aproximadamente 60 anos, Minha ^Mãe com 88 anos não gostou da ideia de fechar aos domingos foi mto negociado……..até ela entender . Por ela a gente ia trabalhar 12 horas por dia a VIDA INTEIRA ( sem férias).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s