EITA CABELINHO CARO, SÔ!

 

           Menos de uma semana após ter aparecido com sua cara sincera na televisão, em rede nacional, para se gabar de ter implantado um sistema infalível de austeridade nos gastos públicos, o Senador Renan Calheiro, Presidente do Congresso, viu-se constrangido pela imprensa (ô bicho triste esse!) e pela opinião pública (alguns preferem dizer opinião publicada), a admitir que viajou com avião da FAB de Brasília até Recife para fazer um implante de cabelo.

Daí viu-se obrigado a devolver aos cofres públicos mais de R$ 27.000,00, ou quase quarenta salários mínimos. Em junho já tinha sido obrigado a devolver R$ 32.000,00 por outro voo da FAB para participar do casamento da filha de um Senador. No pedido de transporte de ambos os voos havia sido informado que era “a serviço”.

Ou seja, mente que é a serviço, a FAB faz de conta que não sabe e se alguém descobrir devolve. Se ninguém descobrir, fica por isso mesmo!

Está mais que na hora de ser rediscutido esta lei, regulamento ou portaria que permite essas barbaridades. É certo que os senadores e deputados federais estão fora de seus locais de moradia e necessitam deslocar-se, mas me parece que o valor que recebem a título de “verba de gabinete” que o site da Câmara informa ser de R$ 78.000,00 (http://www2.camara.leg.br/comunicacao/assessoria-de-imprensa/verba-de-gabinete) seria mais que suficiente para pagar essas despesas de transporte!

A nossa querida FAB poderia parar se se fazer de morta ao não discutir os motivos da viagem, colaborando com centenas de voos da alegria. Ora, os militares da FAB são tão servidores públicos como quaisquer outros e estão submetidos às regras de moralidade do serviço público. Por isso, não vejo como abusivo se exigisse comprovação da justificativa de viagem, tal como um convite para um evento público. Ao se omitir, participa da ilegalidade.

Se Renan e outros mentiram em documento oficial dizendo que viajavam a serviço quando iam à Esbórnia em festas das mais diversas (podem imaginar, a liberdade de pensar ainda existe), basta devolver o dinheiro ou deveria ser processados civilmente por improbidade e penalmente por crime contra a administração?

Isso é uma pena, pois a atividade política é essencial à vida da Nação, mas está sendo destruída por quem deveria preservá-la.

A propósito: teriam sido implantados 10 mil fios de cabelo na cabeça brilhante de Renan, ou seja, só de transporte cada fio custou R$ 2.70.  Daria para comprar meio quilo de pão francês e matar a fome de pelo menos duas pessoas em um dia. Bobagem, não tem pão, comam brioches, que é mais refinado!

O Renan sofre com a inveja dos carecas pobres e dos pobres que nele votaram. Coitado!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s