NOVOS TEMPOS NO STF?

 

Trabalhei durante trinta anos com investigação e processamento de atos de improbidade administrativa, praticados mediante a forma de enriquecimento ilícito, prejuízo ao erário e atentados os mais diversos aos princípios da administração pública, como a legalidade, a finalidade e a publicidade, conseguindo condenações em primeiro grau com relativa facilidade, pois os caras eram tão toscos que deixavam mais rastros que raposa em galinheiro (acho que não era “tosquice”, mas absoluto desprezo pela possibilidade de punição real e efetiva).

Depois da condenação em primeiro grau, começavam a cair uma a uma as sentenças e as poucas que restavam eram ridículas e nunca executadas. Ou seja, a coisa mais fácil que existe é o improbo alegar que não agiu com dolo e deu, está absolvido.

Quando se conseguia uma condenaçãozinha mixuruca, iniciava-se uma luta inglória pela execução, ou seja, pela devolução de valores desviados e apropriados dos cofres públicos. Meia dúzia de reais voltou aos cofres públicos, uma vergonha!

O STF havia se notabilizado por não condenar ninguém há décadas. Não é por outro motivo que a classe política estabeleceu na Constituição o tal de foro privilegiado, que garantia que os deputados federais, senadores, ministros e presidentes só poderiam ser processados pelo STF, reino da impunidade.

Não conheço pessoalmente, como quase cem por cento da população, o processo do Mensalão, tendo notícias dele apenas pela imprensa, mas, presumindo que onze ministros de notório saber jurídico e ilibada moral não podem errar tão feio, acredito que a Justiça, desta vez, foi feita. Incrível, no dia da Proclamação da República grandes figuras foram pra cadeia! Novos tempos se inauguram, e pelas mãos de um homem negro.

Mas, sempre tem um mas, existem outros casos iguais ou até mais escandalosos que este, e que deve ser investigado e os culpados punidos, sob pena de se confirmar o que alguns defensores dos presos diziam no sentido de que o processo era contra um determinado partido, e que era político.

Tudo que envolve políticos é político, mas isto não significa que seja ilegal ou ilegítimo.

Já é um bom começo.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “NOVOS TEMPOS NO STF?

  1. Toquinho Fraga - Formigueiro

    Eu estou de sangue doce doutor. Estou vendo alguns canalhas irem para a cadeia, mas como não tomo parte nesta vendeta, espero com muita esperança ver em breve as portas desta mesma cadeia que se fecham atrás dos mensaleiros do PT, abrirem-se para receber TODOS os outros mensaleiros e que tais ainda livres e, estes sim, AINDA zombando na nossa cara e gozando a impunidade sempre garantida pelo judiciário.
    Temos em mãos uma oportunidade única de, com as exemplares e inéditas punições (não em sua intensidade, acho pouco) dar início a um processo do qual sairemos fortalecidos e aqueles que apostam na impunidade, enfraquecidos ou mesmo derrotados. OREMOS !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s