NÃO SE FAÇAM DE MOUCOS!

            Apesar de minhas crônicas terem, muitas vezes, uma motivação de caráter político, procuro não pessoalizar ou referir partidos políticos, porque, como qualquer instituição humana, todos cometem erros, uns mais, outros menos.

Mas, o que dizer da Juventude Petista que organizou jantar em Brasília e está incentivando que isto ocorra em todo o Brasil para efeitos de arrecadar recursos financeiros a serem utilizados no pagamento das multas aplicadas aos políticos do partido pelo STF?

Segundo informações da imprensa as multas passam de R$ 1.500.000,00 e que os políticos petistas condenados no processo do mensalão não teriam condições de pagá-las.

Como manifestação de solidariedade partidária acho até louvável a iniciativa da Juventude Petista. O que me espanta são as justificativas apresentadas por aqueles que vão construir o Partido do futuro e que deveriam ter aprendido que não é jogando a sujeira para baixo do tapete ou fazendo ouvidos moucos que se resolve as questões que se constituíram no maior escândalo da história do país.

Dizem os jovens petistas que “não há prova da existência do mensalão”, de forma que é mais que justo que todos auxiliem os condenados inocentes a pagar as multas. Será que eles vão se oferecer para acompanhar os condenados também na prisão?

Eu não vi, e provavelmente você também não, as provas que o STF utilizou para condenar os políticos do mensalão, mas me nego a acreditar que em 50 mil páginas só houvesse mentiras e intrigas políticas, que onze ministros, sendo que dez deles nomeados pelo Lula e pela Dilma, sejam tão canalhas a ponto de condenar sem prova.

Quem conhece processo sabe que sempre há espaço para dúvidas, mas se elas forem realmente sérias o juiz absolve. A condenação só ocorre quando a prova pela culpa pesa muito mais que eventuais dúvidas.

Também não absolve os políticos do PT eventuais culpas, e elas existem, sem sombra de dúvidas, de políticos do PSDB e outros chamados “neo-liberais”, em esquemas parecidos ou até mais graves.

Cabe a todos nós, como sociedade civil desorganizada e perplexa, exigir que todos os corruptos sejam punidos, mas não podemos aceitar que a eventual absolvição de uns, justa ou não, possa determinar a absolvição de todos.

Esta coisa de ficar negando o óbvio está ficando enjoativo, é bom parar porque não cola mais.

Parem de dizer que não sabem nada, que não ouviram nada e que não são responsáveis por nada, mesmo que outros que hoje riem da desgraça de vocês estejam mais envolvidos em maracutaias,   ainda.

O mensalão é um fato que não pode ser negado, assumam a condenação, auxiliem seus parceiros de partido, mas não neguem o inegável.  Chorem suas mágoas internamente, lambam suas feridas e reconstruam o Partido com base na assunção dos erros, e não na negação deles.

Ouçam a voz das ruas!

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “NÃO SE FAÇAM DE MOUCOS!

  1. Elizete Helena

    Exatamente assim que penso!! Críticas inteligentes, sábias, condizentes e integradas ao conhecimento científico, à necessidade tanto de governantes, servidores, empresas públicas ou privadas, quanto de um povo mais ético e probo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s