MAIS UM ROUBO NA PREVIDÊNCIA?

         Revista nacional de grande circulação publica matéria intitulada “uma bolada na Previdência”, mas como eu sou menos sutil prefiro dizer que é uma tentativa de roubo na Previdência, mãe generosa que há décadas sustenta os mais loucos sonhos de riqueza de meia dúzia de espertos, enquanto os coitados dos segurados lutam para receber pensões de fome.

         Diz a revista que “a dívida dos clubes de futebol com a Previdência supera os R$ 4 bilhões” e que a Confederação Brasileira de Futebol e a Confederação Brasileira de Clubes planeja convencer o governo a transformar os débitos em bolsas de formação de atletas.

         Ou seja, os clubes não pagam esta “bagatela” e o governo acredita que eles vão formar atletas, como forma de pagamento da dívida.

         Não sei por que eu tenho a impressão de já ter visto este filme. Todos os dias surgem ideias para “garfar” os golpes públicos. Todo mundo sabe que o governo perdoa o débito e os clubes fazem de conta que oferecem as bolsas a atletas pobres, crianças carentes e idosos. Que coisa linda, que espírito de solidariedade, bem próprio da época de Natal. Estou quase chorando de emoção.

         Os clubes de futebol, naturalmente, não têm dinheiro para pagar a Previdência, pois estão comprometidos com salários de R$ 700.000,00 por mês para atletas pernas de pau, mais de R$ 1.000.000,00 para técnicos analfabetos e um monte de inúteis que só sabem sugar os cofres públicos em projetos simulados e outras falcatruas, em que comprovam inexistentes despesas com notas frias e recibos falsos.

         O ex-presidente da CBF e outros sortudos receberão pensão vitalícia até 2030, a ser paga pela Fifa, no valor de US$ 30.000.000,00 (trinta milhões de dólares). Se alguém aí souber de onde sai este dinheiro, me avisa, mas eu suspeito que nós estejamos pagando, de novo!

         Enquanto os clubes de futebol estão dando lucros ninguém nos chama para dividir a grana, só quando estão quebrados. A proposta é risível, primeiro porque mentirosa e depois porque aquela meia dúzia que receberá as tais bolsas serão formados com dinheiro público e vendido a peso de ouro para a Europa. Sem dúvida o dinheiro arrecadado com este investimento público reverterá aos cofres públicos. Engana-me que eu gosto!

         Velhinhos da Previdência, não sejam egoístas pedindo reajustes de suas milionárias pensões. Pensem no “interesse público” em salvar clubes de futebol falidos. São apenas 4 bilhões de reais!

          Aos técnicos do direito eu digo: não é tentativa de furto, mas roubo, porque cometido com grave ameaça e violência aos pobres desta Pátria mãe tão espoliada!

           Quando isto vai acabar, só Deus sabe.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s