MP Eleitoral de Santa Maria ajuiza ação por prática de conduta vedada


O Ministério Público Eleitoral ajuizou ação por prática de conduta vedada contra o Prefeito de Santa Maria, Cézar Augusto Schirmer, o Vice José Haidar Farret, o Vereador Cláudio Francisco Pereira da Rosa, o PMDB e a Coligação “Santa Maria no Ritmo do Progresso”.

Durante o período eleitoral deste ano, foram realizadas obras em uma área particular invadida, conhecida por ocupação “Altos da Lorensi”, do Município. A área privada pertence à família Lorensi, que há anos busca na Justiça reaver a propriedade.

Conforme apurou o MP, a Administração Municipal cedeu, em benefício da reeleição de Schirmer e Farret – bem como do partido político e da coligação representada – a utilização de servidores e máquinas pertencentes à Prefeitura, para a abertura de ruas e colocação de luminárias na localidade.

Também foi verificado que o Vereador Cláudio Francisco Pereira da Rosa distribuiu panfletos aos moradores do loteamento, alegando ter solicitado ao Prefeito melhorias no loteamento, e que o Município teria determinado ao Secretário de Infraestrutura e Serviços, Tubias Calil, a realização de obras.



Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s