O HOMEM E OS ANIMAIS

Sabemos que a ligação do homem com os animais é histórica. Desde os tempos bíblicos o homem tem se utilizado dos serviços dos animais para transporte, trabalho e alimentação.

A manutenção da qualidade da vida do homem está intimamente ligada à manutenção da qualidade e da vida dos animais. Dizemos que os animais são irracionais, que agem e reagem por instintos, mas na verdade só eles podem saber como isto funciona. Porque reduzir tanto as capacidades dos animais, de forma que as nossas qualidades são chamadas de inteligência e as dos animais são chamadas de instinto?

Mas, mesmo que as ações e reações dos animais sejam apenas instinto, também nós não agimos por instinto? Quantas vezes reagimos tão rápido a determinados estímulos que depois ficamos a pensar como fizemos aquilo? Certamente que o homem também age por instinto, ou seja, sem utilizar racional e pensadamente sua inteligência.

Por outro lado, o que é a inteligência? Muitos acham que uma pessoa que sabe muitas coisas é inteligente, e quem sabe poucas coisas não é inteligente. Entendo que inteligência não tem nada a ver com volume de conhecimento, mas capacidade de, mesmo conhecendo poucas coisas, saber trabalhar com o que se sabe.

Desta forma, posso ter um enorme conhecimento na área de direito, por exemplo, e nenhum na área de medicina, o que é absolutamente normal. Neste caso, ou sou inteligente ou sou burro? Nem uma coisa nem outra, sou apenas uma pessoa, com todos os defeitos e todas as qualidades possíveis.

Quando uma criança nasce a mãe a toma no colo e coloca o bico do peito em sua boca, insiste e ela passa a sugar. Deve achar bom e ficar satisfeita com o líquido que sai do seio, pois das próximas vezes vai procurar no mesmo lugar onde se satisfez antes, matar sua necessidade de alimento. Isto é inteligência ou instinto? As duas coisas.

Mas, e quando um bezerro nasce, a mãe o pega no colo e coloca o bico da teta na sua boca, insistindo para que sugue? Não. Como o bezerro, o cachorrinho ou o gato sabe que deve procurar no colo da mãe um bico e sugar até sair leite? Instinto ou inteligência? As duas coisas.

Alguns vão dizer que este raciocínio não tem nenhuma cientificidade, sendo próprio de quem ama os animais, no que não estarão muito errados. Mas, eu pergunto, será que nossas relações tem de ser sempre e obrigatoriamente baseadas em ciência, em certezas, ou nós estamos autorizados a, instintivamente e movido por sentimentos, estabelecer relações com outras pessoas e outros seres?

Falar sobre a importância dos animais para a sobrevivência do homem, dizer que ele faz parte da roda da vida, ou como gostam os técnicos, da bioesfera, ou seja, da esfera da vida, das vantagens que podemos tirar deles se os mantivermos vivos e saudáveis é uma visão meramente utilitarista. Quer dizer, se é útil para mim, respeito, se não é útil, mato. É muito egoísmo.

Sei que às vezes os animais nos incomodam, pois eles latem (para que latir, não é, deviam falar bonito, como nós!), miam, sujam a casa e as ruas. Mas, não incomodamos ninguém, não ficamos doentes e não sujamos as ruas? Neste momento deve haver um bom número de pessoas (espero que não ultrapassem dez) que devem estar desligando o rádio e se perguntando: Porque este cara não se cala? Quem está interessado no que ele diz? Mas isto é uma bobagem, porque sendo eu um homem e dotado de inteligência, todo mundo gosta do que digo. Bota pretensão nisto!

Vamos respeitar os animais não apenas em função de sua importância para a manutenção da qualidade de vida de todos, mas pelos simples, singelo e fundamental motivo de que eles existem há tanto ou mais tempo que nós na face da terra e têm o direito, quer queiramos ou não, a continuar existindo.

Não seja egoísta, respeite os animais.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s