38 denunciados por fraudes em licitações

Por Jorn. Marjuliê Martini


Sede do MP gaúcho

A Procuradoria de Prefeitos encaminhou nesta sexta-feira, 6, à 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado, três denúncias por formação de quadrilha, peculato e dispensa ilegal de licitação contra os prefeitos de Alvorada, João Carlos Brum, de Canela, Constantino Orsolin, e de Parobé, Gilda Maria Kirsh.

Também foram denunciados o vice-prefeito de Alvorada, Giovani Garcia dos Santos, os ex-secretários da Saúde, Educação e Fazenda e, ainda, os sócios da Planning Propaganda e Marketing (PPG), Adyr Barbosa Nogueira e Jorge Luiz Thomaz de Souza, considerados os mentores intelectuais das fraudes. Outras 29 pessoas, entre servidores públicos e empresários, também foram denunciados. Nas denúncias, o MP solicita, ainda, o afastamento de João Carlos Brum do cargo.

As iniciais são referentes a Operação Cartola desencadeada em julho do ano passado pelo MP estadual, em parceria com Polícia Civil, Tribunal de Contas e MP de Contas, e são assinadas pela coordenadora da Procuradoria de Prefeitos, procuradora de Justiça Eva Margarida Brinques de Carvalho, e pelos promotores-assessores Diane Cristina Manente Tagliari e Luiz Eduardo Ribeiro de Menezes. O trabalho de investigação teve início em setembro de 2010 para apurar fraudes em licitações.

Para ouvir entrevista do promotor Luiz Eduardo Menezes, clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s