NÃO POSSO ME QUEIXAR!


            Dias desses encontrei um velho amigo, muito mais velho amigo do que amigo velho, e perguntei-lhe como estava. Olhou para os lados, como se procurasse autorização para falar e disse:

            – Olha, não posso me queixar!

          Aquele “não posso me queixar” saiu mais como um lamento do que uma expressão de felicidade, apesar do sorriso no rosto. Assim, senti-me autorizado a continuar a perguntar, como todo bom curioso sem noção de discrição.

            – Porque não podes te queixar? Porque está tudo bom?

            – Olha, cara (ele adora dizer cara, parece mais jovem do que é), motivos para me queixar eu teria, mas não deixam.

            – Quem não deixa, criatura?

            Ele me olhou com cara de pena, como se eu fosse um ingênuo e disse:

            – Tu não tens cinco filhos?

            – Tenho, e daí?

            – Netos?

            – Nenhum, por mais que eu peça!

            O meu velho amigo deu uma gargalhada, me abraçou e saiu, dizendo:

            – Ainda bem, já imaginou se tu tivesses mais cinco netos dizendo pra não te queixar dos problemas?

          Fiquei pensando que se as pessoas com problemas, reais ou imaginários não pudessem falar sobre eles, seria o fim de algumas profissões, como a de advogados, médicos, psicólogos e outras.

         Por outro lado, fico me perguntando se falar de problemas, para amigos ou profissionais ajuda ou faz com que a carga de dramaticidade fique insuportável, tomando o tempo que o sujeito poderia estar utilizando para resolvê-los.

            O que é pior: o stress de falar sobre os problemas ou o stress de não poder falar sobre eles? Algumas pessoas, entre os quais eu me incluo só se liberam da pressão falando, e muito.

             É claro que isto incomoda aqueles que não têm problemas e por isto não querem saber dos problemas dos outros ou tem tantos que não estão  a fim de somar aos seus os dos outros.

              Por isto eu escrevo.

              O meu computador é um bom ouvinte.

             Ele nunca diz que eu não posso me queixar.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s