Não esqueçam que o MP teve participação neste episódio!

As cores da Vila Belga estão de volta. Ato marcou entrega da pintura de 84 casas do patrimônio histórico

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Município da Cultura (SMC), em solenidade no final da tarde desta quarta-feira (7), na Vila Belga, entregou a pintura das 84 residências do conjunto habitacional, no Centro Histórico Ferroviário da cidade. A revitalização é fruto da adesão do município, em outubro de 2010, ao projeto Tudo de Cor para Santa Maria, uma parceria entre o Executivo Municipal e as empresas Tintas Coral, Falk Tintas e Atlas Pincéis e Ferramentas. Na ocasião, o prefeito Cezar Schirmer destacou a importância do projeto para os moradores da Vila Belga e para toda a população de Santa Maria.

“Hoje nós estamos testemunhando o resgate de uma dívida monumental da nossa cidade à sua história, ao seu passado, aos ferroviários e aos que deram origem a Santa Maria”, afirmou Schirmer. O chefe do Executivo também fez um agradecimento especial à secretária Iara Druzian, pelo engajamento no projeto, aos moradores, militares, ao diretor comercial das Tintas Coral para a América Latina, Wilson Trintinaglia e ao proprietário da empresa Falk Tintas, Everton Falk Brasil. Já presidente da Associação de Moradores da Vila Belga, Idalina Mirasso, falou com emoção sobre as obras.

“É um sonho realizado. Nós estamos muito felizes. E quero agradecer principalmente a Coral Tintas e ao Everton Falk, que trouxe para cá a juventude das nossas almas e a beleza das cores que externa a Vila Belga hoje”, ressaltou Idalina. Moradora da Vila Belga há mais de 30 anos, a dona de casa Elaine Regina Serpa falou com alegria sobre as melhorias feitas na região. Para ela “o prefeito está de parabéns. As casas ficaram lindas. Agora dá gosto de andar pelas ruas da vila”, afirmou.

Durante a execução do projeto, as empresas doaram as tintas e todo o material necessário para a recuperação. A execução da pintura ficou por conta do engajamento da própria comunidade e colaboração dos soldados do Exército.

Segundo Schirmer, a pintura das residências e a revitalização da Vila Belga, Avenida Rio Branco e Gare da Viação Férrea, fazem parte do esforço da Administração Municipal de devolver à população espaços de convivência e de recuperar o patrimônio histórico da cidade.

“Santa Maria merece ter esses espaços recuperados. São cartões postais da nossa cidade que por muito tempo ficaram abandonados. Estamos recuperando esse patrimônio e, ao mesmo tempo, incrementando a nossa moeda turística, pois são atrativos únicos, que só o nosso m Município tem a oferecer”, explicou o prefeito.

Revitalização do centro histórico
A obra de revitalização da Vila Belga, que integra o Projeto Reviva Centro, iniciou em abril de 2011. A pavimentação das calçadas foi substituída por pedras de arenito, as casas receberam nova pintura e a iluminação passou a ser subterrânea, com a instalação de 60 novos postes para a iluminação pública. O projeto de revitalização ainda prevê a instalação, no início de cada rua, de totens turísticos com informações históricas e orientação aos visitantes. De acordo com o fiscal da obra, arquiteto Rafael Escobar de Oliveira, 95% do serviço está concluído.

No trabalho de revitalização foram investidos R$675 mil oriundos do Ministério do Turismo e contrapartida do Município de R$ 313.312,60. O projeto arquitetônico foi desenvolvido pelo Escritório da Cidade (EC) e a obra é realizada pela FZ Construções. A previsão é que a recuperação esteja concluída até o final de março.

História
Projetada pelo engenheiro belga Gustave Vauthier, a vila foi construída no período de 1901 e 1903 para servir de moradia aos funcionários da companhia belga “Compagnie Auxiliare des Chamins de Fer au Brésil”, que vieram para construir a ferrovia.
A Vila Belga é considerada patrimônio histórico e cultural do município (lei municipal nº2983/88, de 6 de janeiro de 1988). No Rio Grande do Sul, apenas três cidades foram contempladas com a novidade: Porto Alegre, Santo Antonio da Patrulha e Santa Maria.

“Tudo de cor para você”
Iniciado em agosto de 2009, “Tudo de cor para você” é o principal projeto socioambiental da empresa AkzoNobel. A iniciativa, entretanto, não se restringe a levar cores para praças do Brasil inteiro. O combate à degradação de áreas promove alegria, descontração e, o mais importante, leva cidadania a todos os membros das comunidades. O projeto une moradores, voluntários e mais de mil funcionários em uma grande onda de pintura e conservação das áreas escolhidas, criando um ciclo sustentável que resulta no aumento da autoestima e na qualidade de vida da comunidade. Desta forma, a Coral desperta o senso de cuidados nas localidades por onde passa, capacita pintores e dá o exemplo para outras vizinhanças também cuidarem de seus espaços.

Texto: acadêmica de Jornalismo Nathale C. Kraetzig
Fotos: João Alves
 

        
Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Não esqueçam que o MP teve participação neste episódio!

  1. adedeycastro

    Quando o MP ingressou com ação civil pública para que os moradores não destruíssem e o município reconstruísse, fizeram manifestação durante dois dias na frente do prédio do MP com faixas de “o mp contra a comnunidade”. Graças a ação conseguiram verbas e não tiveram a hombridade de voltar lá com faixas de “o mp a favor da comunidade”. Tudo bem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s