IPE SAÚDE E AG


João Marcos Adede y Castro 

Vê se pode uma coisa destas: o Instituto de Previdência em Saúde do Rio Grande do Sul pensou seriamente em investir alguns milhões, que estão sobrando em seus abarrotados cofres, no financiamento das obras do Beira-Rio, em auxílio à pobrezinha da Andrade Gutierrez, que todos sabem ser uma empreiteira de fundo de quintal, parece que tem apenas um pedreiro e um ajudante. Também tem um caminhão velho e um telefone fixo.

Todo mundo diz que eu só escrevo para reclamar, o que em geral não é verdade, mas eu sou provocado, faço o quê?

Ninguém desconhece a péssima qualidade dos serviços prestados pelo IPE-Saúde aos servidores públicos que contribuem mês a mês e levam meses ou anos para conseguir uma consulta, um exame ou uma cirurgia que deveria ser urgente.

Todo mundo sabe que os médicos estão fugindo do IPE como o diabo foge da cruz, apenas porque ele paga pouco e demora meses para pagar.

A Andrade Gutierrez, por seu turno, é uma das maiores empresas do mundo, tendo obras gigantescas espalhadas pelo Oriente Médio, África e aonde mais você imaginar.

Estes milhões que a AG gastaria para reformar o Beira-Rio é troco para eles, mas se sempre tem uma bolsa pública onde podemos meter a mão, porque perder a oportunidade?

Vejam que a AG não foi compelida a participar da concorrência para reformar o estádio. Ofereceu-se porque deve ter entendido que era um bom negócio, lançou o clube numa sinuca de bico fazendo Porto Alegre perder a Copa das Confederações e agora planeja fazer os gaúchos serem submetidos ao vexame de perder a Copa do Mundo.

Não acho que sediar a Copa seja assim lá tão vantajoso, mas se o Estado meteu a cara e prometeu que faria, não será a AG que nos passará atestado de incompetência.

Salta fora AG, admite publicamente que não gosta dos gaúchos porque dinheiro vocês tem para fazer este e todos os estádios da Copa sem empréstimo. Basta olhar o site oficial da empresa que informa que o Grupo “fechou o ano com faturamento de R$ 18,186 bilhões… e lucro líquido de R$ 775 milhões”! (http://www.agsa.com.br/arquivos/relatorio-anual/RA_home.pdf)

E mais, fala tchê, tenha um mínimo de respeito pelo povo gaúcho e diz por que quer um empréstimo de 300 milhões de reais oferecendo garantias de 20%. Ninguém é tão burro que aceitaria um negócio porco destes.

Mas, tranquilo, o IPE-Saúde, com seus vastos recursos recolhidos entre milhares de idiotas servidores públicos vai salvar a AG.

Ela merece, nós também, por termos confiado em que não é de confiança.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “IPE SAÚDE E AG

  1. Marcos

    Gostei da publicação.
    O dinheiro que é para o coletivo, ou seja, da sociedade contribuinte, deve ser gasto com o bem estar destes e não para o impréstimo de grandes corporações. Quem deveria financiar as obras da Copa era o setor privado, até porque os ingressos serão caros demais e este setor é o que vai obter o maior ganho.
    O dinheiro do povo é financiar habitação, saúde, segurança pública e educação.

  2. Thiago SM

    A Copa é deles, e a conta, é nossa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s